Agosto 27, 2009

Quero te contar um segredo

Nem sei em quais termos

Mais sei que nao tem deveaneio

Quero te contar um segredo

A vida parece com o amor

O amor parece com a vida

Juntas e unidas para curar as feridas

Uma mao lavando a outra…

E as duas lavando a vida

Quero saber o segredo

Ter-te pra vida inteira

Quero saber o segredo…

Do amor sem devaneio

Quero te contar um segredo

O amor é minha vida…

Agosto 19, 2009

Certeza que nao se tem, em meio a um minuto de indecisao, alusao da solucao, em funcao de uma meia intecao, prentendendo entender o que se pode perceber, entao por que nao simplismente absorve,r o que se espera e se descartar? o que te desespera, nao sendo algo comun ao que todos pessam, simplismente passr a ser algo  exentrico e anormal, nao querendo ser mais um,em meio a ser julgado pelo bem comum, loucuras de um louco são, sendo louco pra nao perder o seu coração, sentindo o que não se tem na mão, e as vezes passando sempre na contramão, loucuras de um louco entao…atos de acão sem reação levando em conta o que nao se tem como intenção, julgando o que é real e vivendo num mundo irracional, julgamentos de uma personalidade “impar” sobre uma loucura qualquer em meio a uma pessoa estranha, em lugares comuns em situacoes adversas, nao sabendo que quase e estranho qndo se e comun, sendo quase tudo comum quando se e estranho, escrevendo o que vem na mente, entendendo o que vem pela frente, amando o que  se parece mais louco e nao entendendo o que se parece mais facil, confusoes de um louco em meio a conficoes de um louco, com tanta loucura pouca coisa se esculta, em tudo que se pode pensar sobre a loucura que se quer está, sou louco nem por isso sou comum e nem por ser comum nao sou louco, loucura e boa e quem sabe perdoa…

“Uma vez na sua vida, se tiver muita sorte, você vai conhecer a pessoa que divide a sua vida, do tempo que passou antes dela e do tempo depois.” E assim começa um dos filmes mais legais, gostosos e românticos que vi recentemente, “ Ironias do Amor” (my sassy girl)

E ele levanta uma questão importante, quão difícil é quando você se apaixona por alguém que é completamente louco! E não estou falando de loucura, do tipo que ela vai aparecer com uma faca na mão se cortando dizendo que é para agradar os Deuses sírios que vivem na barriga do gato dela, mas aquela pessoa completamente diferente das pessoas que você está acostumada à conviver.

 

Você nunca vai saber se é por ser completamente diferente de você e isso te fascina nela, ou se ela somente te intriga e é só isso, sem nenhum sentimento? Mas Deus do céu como ela te dá nos nervos, e te faz sorrir sem parar.

É engraçado como são justamente essas pessoas que tiram os nossos pés do chão, nos fazem fazer coisas que normalmente não faríamos, a agir completamente diferente do SEU normal, e quando você percebe… bem… Você virou uma nova pessoa… uma pessoa melhor.

Então você acaba vendo que ela na verdade apenas te libertou das barreiras que você, seus amigos ou mesmo sua família impuseram para você, e que sempre te mantiveram “seguro”.

E é então que a verdade te atinge como uma marreta… você que não era normal, ou a pessoa que você ERA antes de conhecer ela simplesmente era tão previsível, tão metódica, que parecia um robô!

Mas é divertido, aquela loucura, não saber o que vai acontecer no momento seguinte, tudo faz dela única para você, e se amar já faz da pessoa amada a pessoa mais perfeita possível, amar esta pessoa “louca” faz você enxergar a beleza no meio do Caos, encontrar paz no olho do furacão, amar como nenhum poeta poderia retratar o amor…

Finalizando, não deixem o medo do diferente te assustar, prefira viver intensamente 2 dias caóticos, do que viver uma vida inteira sendo “normal’, você pode acabar vendo que você não é quem você pensava que era no começo. E como dito no começo, essa pessoa vai mudar a sua vida e será o seu ponto de referência… da sua vida antes delae depois que ela veio para te atormentar…

Agosto 14, 2009

Palavras de um tempo que ja se vai, letras de um texto que nao se lê, papel com o xeiro do que ja se tornou, mudancas de um momento inesperado e de um momento comentado em uma cena inacabada.comecando pelo principio que o principio e o inicio do fim, e que fim tem sentido apocaliptico como algo ruim, mais fim e bem mais que termino pode ser continuacao, pode ser perdurar por mais alguns capitulos ou episodios de um filme de acao, comedia, paixao e romance, a arte se modifica com a visao de cada era que se passa, ao zerar dos relogios e o contar do calendario, passando e modificando o que se sabe sobre tudo, e que nao pense que tudo e simples, a profundidade dos fatos e bem mais real do que a profundida do que se pensa e do que se fala, escrevendo o que nao se sabe, apagando o que nao se quer, querendo talvez escrever o que se quer pra viver…

Agosto 10, 2009

Deixe pra tras o que tiver que deixar, leve consigo o que puder carregar, ande em passos que nao se pode atropelar, escolha caminhos que nao sejam largos de mais nem estreitos demais, leve consigo a laparina de seu juizo, o mapa da sua vida sempre lhe guiara por um destino que nao se tem escrito, esconhendo companhia para certas agunia que o caminho vier a lhe impor, nao sendo um alpinista nem mesmo um maratonista seja voce ao modo de que chegue com seus esforcos e com seus meritos, vida de escolhas e de provacoes, nao sei se a sua vai bem, mais que disse que a minha tb vai?iremos sempre nos sentido unico, sentido frente, olhando pra tras e aprendendo que o caminho sempre e tortuoso e perigoso, ajuda de guias todos precisamos mais nao sao eles que te fazem chegar e sim sua vontade de esta naquele lugar, tendo gratificacoes propias a cada caminhada e ao chegar a aquela aldeia no meio da tribo dos realizados talvez se tenha um sentimento de beneficiado por ter sido treinado durante toda caminhada por professores que de tanto ensinar nem mesmo saber aonde vao chegar, chegando ou se perdendo no meio da escuridao se tem nocao que luz nao sao pra todos mais todos temos luz propia, as laparinas ja citadas ja nao se fazem mais presente como a um tempo atras e o que se pode fazer e improvisar com a luz que vem de um lugar que um dia poderiamos chegar se a caminhada tivesse data de terminar…

Agosto 9, 2009

“guiando-me por veredas que nao posso traspor, indagando se eu sou o que sou, vivendo em caminhos que quase nada restou, restando momentos  simples de complexidade inigualavel de modo que esta, eu buscando viver, vc buscando nao sei nem o que, nao vivo pensando em vc, mais sei que viver so por viver so por nao querer simplismente esquecer o que restou dentro do que eu Sou, querendo ou aspirando momentos que estao por vim, idangando a vida sobre o pq do existir, pensando que talvez nao se deve se definir o que vc quer pra si, duvidas de uma mente sem lembrancas e de um corpo sem mudancas, mente se destrair qndo o sentimento abstrai, tentando talvez invocar algo que te faca voltar a ser pessoa banal onde tudo que se ve e vc ou sou eu ou somos nois, vivendo como uma linha de montagem e so mudando a carenagem da alma e do coracao”

Julho 29, 2009

Um dia qualquer para dar o que se deseja, representacoes de sentimento em meio a um mar de corações subjulgados por seus relacionamentos formais, vivendo a espectativa de mais um ano junto da pessoa que se deslumbra ser a que passara muitas outras datas importantes, sem saber se isso realmente se concretizara, serao feitas milhoes de formas pra se expressar um mesmo sentimento, unico que se imagina ser verdadeiro, suposicoes e ate duvidas quase sempre ocorrem mais isso nunca foi e nunca sera uma questao esclusiva de um ou de outro, pois o ser humano e uma animal duvidoso, sabendo disso posso afirmar que esse tal dia 12 pode ser o dia de quem se ama, ou o dia de quem se quer, mais poderemos ter 12 motivos de o porque esse e o dia “D” de quem se quer afirmacao com sua amada(o)….

Nao seja mais um dia em sua vida seja o dia de suas vidas, somem sempre o que nao se pode dividir o que ha de melhor em vcs, mutiplicando cada gesto e cada sentimento pelo AMOR que vcs sentem um pelo outro!!!
12Ame e seja amado

11 Viva e deixe viver

10 Permita-se e Permita

9 Respeite e seja Respeitado

8 Surpreenda e seja surpreendido

7 Confie e tenha confianca

6 Insista no que te desista

5 Analise

4 concentre-se

3 entenda-se

2 encontre-se

1 ame-se

Julho 29, 2009

Sentimentos vivem se renovando, idependente do quanto eles demorem a se renovar, sao muitos e muito variados nem mesmo sabemos o que eles significam qndo acontecem mais deixamos acontecer ate pq nao controlamos nem mesmo o sentido que ele esta indo, e quase um caminho unico e inviolavel, acotece no lugar mais seguro de vc, o seu coracao, gostamos mais ou menos isso e quase utopico, gostamos e pronto, intensidade em sentimento e so uma forma de se medir o quanto gostamos.Sentimos e gostamos sem medida e sem direcao enquanto vivemos sentimos e amamos, amamos e sentimos, indispensavel na vida e se amar e se apaixonar, nem mesmo sabemos onde isso nos levara, mais temos certeza que intependente de onde acontece e como aconteca, nos torna vivo e diferente, nem sabemos que sentimento e esse mais ele e assim acontece sem mesmo dizer oi, vivendo sentido de tudo em torno de um algo que parece surreal, acreditar no que nao se ve, acreditar no que nao se pega, nos apegamos a algo que nos cala e que nos aquieta, somos fadados a sentir o que nem mesmo sentimos por vontade propia.

Julho 23, 2009

Vivendo em mudança constante, modificando o que já era bom, adaptando-se ao conceitos e preceitos de um alguém que nunca se satisfaz com o que você é, não estando contente com o que tens , mudaremos enquanto nos houver esse recurso, enquanto parecermos com nos mesmo e enquanto estamos vivos, engraçado quando se observa que só os que se vão e que são bons, os vivos nunca se tornam bons ate que eles partam, acostumar-se com essa realidade e um conceito básico de aceitar que você sempre será a quem do que todos esperam, aceitar jamais acontecera mais adaptar-se será uma condição de que se tenha uma vida razoavelmente tranqüila, nunca se  e tão bom e de oposição a isso e o fato de que ninguém também e tão ruim assim, todos somos formados por elementos que nos tornam bons ou ruins, somos criados segundo a regras e ritos básicos e específicos, todos esperam que nos posicionemos perante essas regras, não existe meio termo. Bom ou ruim simples assim, mais digo que ser bom e ruim e ser ruim e bom por mais estranho que se possa parecer vivendo num mundo de pleno preconceitos e julgamentos nunca somos bons o bastante. A bondade de cada um se acaba no momento em que somos julgados criteriosamente, todos somos ruins segundo o julgamento de cada um.

Julho 6, 2009

Sentimentos nos traem sem saber o porque que se esvai, a emocao que as vezes se abstrai, os sentimentos ocultos e ilegiveis aos que leem com os olhos superficiais que nao enchergam o porque do momento que nos transforma e nos interroga, beleza das palavras nao sao a beleza de sentimento tudo que se le nem sempre e tudo que se senti, sentimento escrito nem sempre e sentimento vivido, vivendo em constante agunia de uma solidão que esfria, nao podendo ao menos dividir o que senti e o que se quer sentir, guardando tudo em um so lugar afim da eminecia de se estourar, as veias poeticas que as vezes nao suportam tanta pressao em si, bombeando sentimentos e circulando emocoes nao tendo ao menos um alento ao que se trata de entendimento, nem se entende nem se sabe  o que se sente é algo que nao se poder indetificar com meros comentarios internos e reflexoes de superficiais, sentimos muito do que falamos pouco, mais se ele existe nem precisa de uma explicação sentimento que segue em meio ao caminho do elos que uni-se a duvida intensa e latente do que ser quer para todo sempre, duvidas de uma questao filoscofica, sentimento se pode explicar?